Saltar para o conteúdo


A força da cultura no Morro do Calvário

Escrito por Jorge Abreu

O Morro do Calvário foi palco de um evento que agora faz parte do calendário cultural de Barra do Corda." A afirmação é da secretária de Cultura Luzia Barroso, ao comentar a primeira edição do projeto Calvário Cultural, realizado na noite de domingo (17).
Com a participação da Banda de Música Moisés da Providência Araújo e muitas outras atrações, o projeto foi promovido pelo Instituto Federal de Educação de Barra do Corda - IFMA, em parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura; Academia Barra-Cordense de Letras e Paróquia Santa Cruz.
Sobre o evento, na abertura, falaram o prefeito Eric Costa e as coordenadoras do projeto Marinete Moura, reitora do IFMA, e Luzia Barroso, secretária de Cultura. Eric Costa destacou o empenho da secretária Luzia Barroso, "que não mediu esforços para o sucesso do Calvário Cultural."
A Banda Moisés Araújo da Providência tocou clássicos como a Canção Cordina e o músico John cantou sucessos da MPB. O Coral de Natal emocionou o público, com as crianças cantando canções natalinas.
Declararam poemas a secretária de Cultura Luzia Barroso, a reitora do IFMA Marinete Moura, e os poetas Jorge Abreu, Ricardo Milhomem e Neudson Nicasio.
Luzia Barroso declamou poemas do seu primeiro livro, "Vida, minha Vida", que será lançado na quinta-feira (21), na Academia Barra-Cordense de Letras.
Mais de 100 pessoas prestigiaram o Calvário Cultural, que teve stands do Colégio dos Literatos, com livros de autores barra-cordenses; de artesãos do município e de vendas de comidas típicas.
Os poetas Ricardo Milhomem e Neudson Nicasio representaram o Colégio dos Literatos no Calvário Cultural.
Na plateia, a secretária de Assistência Social Fátima Arruda, o presidente da Câmara de Vereadores, Gil Lopes e a primeira dama de Barra do Corda Bruna Costa.
"É com muita satisfação que participo da abertura desse projeto e aproveito para desejar um Feliz Natal a todos de Barra do Corda", declarou o prefeito Eric Costa, em seu pronunciamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *